QUESTÃO DE ATITUDE E DEFINIÇÕES

UDM Ultra Direita em Marcha
Sociedade Burguesa Conservadora, Reacionária, Capitalista, de Ultradireita

PRECISAMOS DE PESSOAS NORMAIS
Nós, da Sociedade Burguesa Conservadora, Reacionária, Capitalista e de Direita, temos nossas próprias opiniões  e não precisamos da autorização de ninguém para expressá-las, pois o Art. 5º da Constituição o garante; numa escola de Direita, não se olha para A COR DA PELE OU RAÇA para admitir um aluno, e sim para sua NOTA obtida no exame.
Nós, burgueses,   queremos o que toda pessoa NORMAL quer: trabalhar, estudar, melhorar de vida, produzir bens ou serviços para o país SEM TOMAR NADA DE NINGUÉM;nós, da Burguesia, somos responsáveis e só concebemos o número de filhos que podemos sustentar e cuidar; nós, pequenos ou grandes burgueses, NÃO VIVEMOS DE VERBA PÚBLICA, NÃO TEMOS CARGOS PÚBLICOS, NÃO SOMOS AGITADORES ESTUDANTIS PROFISSIONAIS DE NOTAS BAIXAS, NÃO SOMOS  SINDICALISTAS PROFISSIONAIS NEM POLÍTICOS PARA SEMPRE; NÓS, DA BURGUESIA, NÃO SOMOS PARASITAS DA NAÇÃO NEM QUEREMOS TRANSFORMAR ESSE PAÍS NUM INFERNO DONDE NÃO SE PODE SAIR E ONDE UM GOVERNO, POR EXEMPLO, NAS MÃOS DE UM DITADOR COMUNISTA, DETERMINARÁ O QUE VAMOS LER, O QUE VAMOS VESTIR, QUANTO VAMOS GANHAR, SE PODEREMOS OU NÃO SAIR DO PAÍS, E A QUEM VAMOS ADORAR. NÓS, DA BURGUESIA DE DIREITA REACIONÁRIA, CAPITALISTA E CONSERVADORA, NÃO PRECISAMOS DE ESMOLAS DE GOVERNO NEM DE NINGUÉM QUE, ABRAÇANDO UMA DOUTRINA TENEBROSA, PATÉTICA, SANGUINÁRIA E SUPERADA PELA METADE DO MUNDO, QUE A PROVOU E A ELA FOI SUBMETIDA, DURANTE SETENTA ANOS, SE AUTONOMEIAM  SALVADORES DA HUMANIDADE E SUPERHOMENS DIVINOS QUE VÃO TRAZER A FELICIDADE ETERNA PARA TODOS AQUI NA TERRA. NÃO PRECISAMOS DE PARASITAS, PRECISAMOS DE GENTE NORMAL. SÓ ISSO. DE GENTE NORMAL.

Vamos definir claramente cada termo, de modo a não haver dúvidas sobre a identidade da ultradireita, ficando a critério de cada um identificar-se com ela ou não. O importante é não se esquecer do seguinte: quando um comunista fala mal da sociedade burguesa, conservadora, reacionária, capitalista e de direita, ele não está atacando somente meia dúzia de magnatas, industriais ou banqueiros. Ele está atacando você, cidadão comum. Você e sua família são o objetivo final que um comunista quer destruir. Você só não será atacado (no princípio) se permanecer um humilde operário obediente, daqueles que ficam sem jeito e olham para o chão, encabulados, quando se deparam com um prefeito, deputado ou presidente da república que lhes concede a graça de um minuto de atenção. Certamente você já viu isso. O operário se esquece de quem sustenta aquele político na sua frente é ele mesmo, o operário. Ele é o patrão. Ele não tem que ficar sem jeito na frente de um político. Tem que olhar nos olhos dele,  tem que fazer perguntas:  “- Presidente, quando vamos ter mais segurança? Mais polícia? Mais justiça?” Não tem que fazer cara de humilde e se deixar tratar como criança da roça, fazendo cara de coitadinho ou de envergonhado. Tem que ser homem e olhá-lo de frente!
BURGUESIA CONSERVADORA, REACIONÁRIA, CAPITALISTA, DE DIREITA
Quem somos nós:
Sociedade burguesa ou Burguesia: conjunto de pessoas que moram no burgo, ou seja, na cidade, dentro do perímetro urbano, ou mesmo no campo e que freqüentam a cidade; pessoas que acordam cedo, estudam ou trabalham, produzem bens e serviços, criam empregos – da pequena loja à grande indústria, do pequeno sítio à grande fazenda -, engrandecem o país e sustentam os três poderes do governo, do menor município ao governo federal, e ainda sustentam todos os comunistas que vivem agarrados no Estado, ou seja, na coisa pública, sejam estatais (Petrobras e tudo que termina em Brás ), câmaras de vereadores, assembléias legislativas, prefeituras, órgãos públicos em geral.
Conservadora: pessoa que quer conservar as boas tradições, como:
– o respeito aos idosos, servindo-os primeiro à mesa da família, dando-lhes precedência nas filas, nos elevadores, nas calçadas;
– o respeito aos professores e mestres, que não são tios ou tias, mas professores e mestres;
– a cortesia no trato com as pessoas, o linguajar respeitoso e adequado ao ambiente em que a pessoa se encontra; – as tradições cristãs da caridade, da solidariedade, dos cultos religiosos recebidos dos pais; – o trajar adequado a cada ambiente, nas festas, igrejas ou velórios; – o asseio corporal, os hábitos diários de higiene, a limpeza, a ordem, a arrumação do lar;
– a aceitação do estudo e do trabalho, da perseverança e da fé como únicos instrumentos moralmente válidos para subir na vida;
Note bem: conservador não quer dizer atrasado e contra o progresso, pelo contrário – é o conservador que trabalha, estuda, pesquisa arduamente, cada um no seu ramo, seja comerciante, estudante, autônomo ou cientista, para fazer a ciência e a civilização progredirem. Ele quer conservar essas tradições.
Reacionária: pessoa que reage a algo que a afronta ou choca o senso comum: uma injustiça, uma maldade, uma conduta errada. Por exemplo, uma pessoa maltratando uma criança, ou espancando um cachorro; uma pessoa ou um governo querendo impedir, à força física ou por lei, que você expresse sua opinião sobre a pederastia ensinada nas escolas, para as crianças; os movimentos políticos, como o MST, disfarçados de sociais, sustentados à força dos impostos por todos nós, que depredam a propriedade alheia, casas, instalações e tratores, matam o gado, interrompem o trânsito nas estradas e destroem órgãos públicos; se você não reage a isso, você é cúmplice, conivente, um covarde, um lerdo, um frouxo, ou seja, uma pessoa moralmente fraca e decadente.
Capitalista: ser a favor do capitalismo não é só para banqueiros e grandes industriais; é ser a favor da liberdade que ainda se tem de ter, hoje, um pequeno negócio, loja, quitanda, comércio em geral, e transformar isso em uma grande supermercado ou rede de lojas ou indústria, como fez o vice-presidente José Alencar, falecido. Começou pobre, trabalhou duro a vida inteira e virou milionário, criou milhares e milhares de empregos, e só tinha a 4ª série primária. Isso é o capitalismo: você transforma seu trabalho em dinheiro e tem a liberdade de usá-lo como bem entender. Você acha certo o governo proibir isso?
De direita: Significa basicamente ser a favor:
das liberdades individuais, da iniciativa privada, da propriedade licitamente conquistada, do empreendedorismo, da economia de mercado, da prevalência dos deveres antes dos direitos, da responsabilidade individual pela criação da própria família;
Ser de direita significa basicamente ser contra:
a estatização da economia, a criação exagerada de órgãos, empresas e cargos públicos, de municípios e estados a ministérios e estatais, da greve no serviço público, das cotas raciais, do ensino e apologia do comunismo e da pederastia nas escolas, da exagerada intromissão do governo na vida das pessoas, do excesso de regulamentação, leis, decretos, portarias e demais regras que infernizam diariamente a vida das pessoas e principalmente dos empresários, do pequeno ao grande, que são quem realmente produzem empregos, bens e serviços;
Ser de ultradireita, em última análise, é ser consciente ao máximo do perigo mortal e real que representa, para a civilização ocidental e fé cristã, para a família e para as liberdades individuais, o avanço lento e contínuo, no Brasil e nas Américas do Sul e Central, do comunismo, socialismo, esquerdismo, estatismo, sindicalismo ideológico e todas as correntes de pensamento, grupos, movimentos, governos e instituições que querem e estão conseguindo, após mais de vinte anos da queda do Muro de Berlim, implantar, por bem ou por mal, esse sistema político, econômico e social tenebroso, assassino e alucinado chamado comunismo ou “ditadura do proletariado”. Ser de ultradireita é ser contra a transformação do Brasil em outra Cuba, Coreia do Norte, Bolívia ou Venezuela, onde é proibido ser burguês, conservador, reacionário, capitalista e de direita, e quem se declara assim é perseguido, preso ou assassinado. Você acha que isso é bom?.
Logo, sou: Burguês, Conservador, Reacionário, Capitalista e de Direita . E se você é uma pessoa NORMAL, você é: Burguês (ou camponês), Conservador, Reacionário, Capitalista e de Direita. Se você for NORMAL.
Ser de ultradireita é ser de direita com total firmeza, convicção, fé e intransigência com tudo aquilo que choca e causa indignação à pessoa normal, dotada de senso comum: você, que quer simplesmente viver sua vida, estudar, trabalhar e progredir sem esmolas do governo, quer ser dono da sua vida e do seu destino sem depender de nenhum político ou de quem se julga superior à humanidade e acha que sabe o que é bom para você e quer impor-lhe o que ele acha à força, por bem ou por mal.
Postado por ULTRADIREITA EM MARCHA às 16:43 0 comentários

Anúncios

Sobre ultradireitaemmarcha

~Brasileiros de ultradireita, defensores da família, da propriedade privada licitamente constituída, da livre iniciativa, da economia de mercado, das tradições cristãs ocidentais, da liberdade e da responsabilidade individual na manutenção e fortalecimento da pátria e do Estado como subordinado à sociedade, não o contrário.
Esse post foi publicado em Não categorizado. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s